Lisboa E-Nova - Agência Municipal de Energia-Ambiente de Lisboa

Iniciar Sessão
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
Home

Eficiência Energética nos Semáforos de Lisboa (Projeto Concluído)

IMG 8934     IMG 8938     IMG 8966

O Município de Lisboa foi pioneiro a nível Nacional na contratualização do primeiro contrato de gestão de eficiência energética a nível nacional, nos termos do Decreto-Lei n.º 29/2011, de 28 de fevereiro, que estabelece o regime jurídico aplicável à formação e execução dos contratos de desempenho energético, que revistam a natureza de contratos de gestão de eficiência energética, a celebrar entre as entidades públicas e as empresas de serviços energéticos.

A Lisboa E-Nova apoiou tecnicamente a Câmara Municipal de Lisboa na elaboração do Caderno de Encargos do concurso para a Implementação de Medidas de Eficiência Energética no Sistema Semafórico do Município de Lisboa, integrando também a Comissão de Acompanhamento do Contrato.

 

Após o visto do Tribunal de Contas e ao longo de 4 meses realizou-se a conversão integral para LED da rede semafórica da cidade, que envolveu a substituição de cerca de 20.000 lâmpadas, sem qualquer despesa para a CML e reduzindo de imediato a sua fatura eletrica.

 

 

 

A poupança elétrica resultante foi de aproximadamente de 92%, representando mais de 6 GWh anuais de poupança e mais de 1300 toneladas de CO2 evitadas.

A referida intervenção para além de gerar as referidas poupanças permite ganhos significativos em termos de gestão operacional e manutenção da rede semafórica.

 

 

O Contrato foi adjudicado ao consórcio liderado pela Galp Energia e pela Vivapower, que conta ainda com a empresa Soltrafego. O período de remuneração da Empresa de Serviços Energéticos terá a duração de dois anos e um valor total de 1.531.179,96 €.

 

 

Espera-se que este primeiro contrato possa demonstrar os benefícios dos contratos de gestão de eficiência energética para a promoção da eficiência energética, tanto às demais entidades públicas, como às entidades privadas.

 

 

ANTECEDENTES

O apoio da Lisboa E-Nova à CML no âmbito da eficiência energética nos semáforos teve início com duas candidaturas vencedoras aprovadas  no âmbito do PPEC - Plano de Promoção de Eficiência no Consumo de Energia Elétrica promovidas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

 

 

Durante os biénios 2009/2010 e 2011-2012 a Lisboa E-Nova promoveu a substituição (em 2009 e 2010) das lâmpadas tradicionais dos semáforos por óticas com tecnologia LED (light emitting diodes).

 

 

Estas intervenções contaram a colaboração da Direção Municipal de Mobilidade e Transportes da Câmara Municipal de Lisboa e da Eyssa-Tesis e abrangeram os seguintes eixo:

 

 

2009-2010 – Eixo Marquês de Pombal - Praça do Comércio

 

 

2011-2012 - Marquês de Pombal, Campo Grande, Av. Almirante Gago Coutinho e em parte do Parque das Nações.

 

 

As alterações realizadas no âmbito dos dois PPEC representam um consumo energético anual evitado de 1300 Mwh, uma redução de 48 toneladas de CO2  de emissões por ano e um decréscimo de cerca de 130.000 Euros na fatura energética anual do Município de Lisboa.
Apesar do esforço da Lisboa E-Nova representar  15% do parque semafórico da cidade, existiam ainda por esta altura 22.500 lâmpadas incandescentes em aproximadamente 8.450 semáforos Por esta razão foi lançado através do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública (ECO.AP), acima descrito,um concurso para substituir o remanescente parque semafórico da cidade, baseado em lâmpadas incandescentes, por óticas LED.

 

 

 

 

 

 

A TECNOLOGIA LED E MONITORIZAÇÃO EFECTUADA

 

 

A potência de uma "lâmpada" LED varia entre os 6 e os 15 Watts, pelo que as economias de energia conseguidas com esta tecnologia foram na ordem dos 90% em relação à solução tradicional constituída por uma lâmpada incandescente de 100 W. Por outro lado, segundo dados da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), a vida útil média de um semáforo LED 12 W é 11 anos em contraste com 0,23 anos de um semáforo incandescente 100 W. 

 

Em paralelo aos menores consumos, maior tempo de vida útil e menor temperatura de funcionamento, que reduz a necessidade de limpeza -, a ótica LED permite assegurar o funcionamento do equipamento até à eliminação de 20% do conjunto LED, não comprometendo a qualidade da iluminação do semáforo. Outra vantagem é a ausência do efeito fantasma, uma vez que o índice de reflexão da luz solar quando o observador se encontra de costas para o Sol, é reduzido para metade nos LED relativamente à tecnologia  convencional. Esta caraterística é importante para eliminar a falsa impressão de que uma lâmpada está ligada quando efetivamente não está. 

 

 

 

 



Mapa Intervenção PPEC 20092010. FONTE CML - DMPCST - DSRT

 
 

A EDP Serviços em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, a Eyssa-Tesis e a Lisboa E-Nova, no âmbito da Semana da Mobilidade procederam à monitorização das tecnologias LED utilizadas em diversos locais da cidade.

Foi realizada uma medição por amostragem para aferir o efectivo aumento da eficiência no consumo de energia elétrica associada à substituição das lâmpadas incandescentes por óticas LED nos semáforos. Para cada tipo de tecnologia LED implementada procedeu-se à instalação de um contador com leitura por telemetria num armário de controlo de tráfego, por tecnologia, com o apoio da EDP Serviços.

 

 

Monitorização do cruzamento Av. da Liberdade / Restauradores (faça clique para aumentar o tamanho do gráfico):

 

 

 

Monitorização do cruzamento Av. Liberdade / Rua Barata Salgueiro (faça clique para aumentar o tamanho do gráfico):

 

Monitorização do cruzamento Rua dos Fanqueiros / Rua da Conceição / Rua de São Julião / Rua do Comércio (faça clique para aumentar o tamanho do gráfico):

 

 

 

 

Esta monitorização é realizada pela EDP Serviços em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, a Eyssa-Tesis e a Lisboa E-Nova.

Imagens da intervenção (faça clique para aumentar o tamanho das imagens):

 

       

 Imagens da tecnologia LED utilizada:

Tecnologia LED utilizada:

       

Outras ações em Desenvolvimento:

- Monitorização e otimização do desempenho energético-ambiental da iluminação pública e semáforos no eixo da Av da Liberdade e Baixa (Lisboa) 

Iniciar Sessão