Lisboa E-Nova - Agência Municipal de Energia-Ambiente de Lisboa

Iniciar Sessão
Português (pt-PT)English (United Kingdom)

A EQUIPA

.
Ângelo Mesquita - Presidente do Conselho de Administração
Ângelo Mesquita - Presidente do Conselho de Administração

Nasceu em Lisboa, em 27 de setembro de 1951 Bacharelato em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL), em 1979, Licenciatura em Engenharia Civil (Hidráulica) pelo Instituto Superior Técnico, da Universidade Técnica de Lisboa, em 1983 e pós-graduação em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública. Iniciou a sua atividade profissional na Câmara Municipal de Lisboa (CML), como escriturário-datilógrafo, em 1971. Em 1972 ingressou no Exército, onde cumpriu Serviço Militar, até 1975, com uma comissão de serviço em Moçambique. No regresso à Câmara Municipal de Lisboa desempenhou funções de Técnico Sanitário, até 1980, data a partir da qual assumiu a coordenação de vários programas do Projeto Integrado a Curto Prazo para o Lixo de Lisboa (PPLL) que introduziu a recolha hermética de resíduos na cidade. Em 1989 foi nomeado Diretor do Departamento de Higiene Urbana e Resíduos Sólidos, da Câmara Municipal de Lisboa, cargo que exerceu até dezembro de 1995. Entre 1996 e maio de 1997 trabalhou como Engenheiro Civil na Direção Municipal de Infraestruturas e Saneamento, da Câmara Municipal de Lisboa. Foi nomeado Chefe da Divisão de Infraestruturas de Subsolo da Direção Municipal de Infraestruturas e Saneamento, em maio de 1997, cargo que desempenhou até 2002, ano em que foi nomeado Diretor do Departamento de Higiene Urbana e Resíduos Sólidos. Em novembro de 2005 foi nomeado Diretor Municipal de Ambiente Urbano, tendo sido sucessivamente reconduzido até à presente data. Em 2004 foi eleito Administrador dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa, funções para que foi reeleito em 2008 e em 2012, sendo detentor do pelouro financeiro. Em 2010 foi nomeado Administrador não executivo da VALORSUL, S. A., pela Câmara Municipal de Lisboa.

.
Maria Santos - Administradora
Maria Santos - Administradora

Doutoranda em História Institucional e Política na Universidade Nova de Lisboa. Licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Curso Superior de Educação pela Arte do Conservatório Nacional de Lisboa. Atividade Profissional e Cívica: Professora do Ensino Superior. Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Educação. Anterior: Assessora da Direção da Agência Portuguesa do Ambiente (Educação para o Desenvolvimento Sustentável). Coordenadora do Grupo Inter-Ministerial Educação Ambiental para a Sustentabilidade, em representação da Agência Portuguesa do Ambiente. Anterior: Membro da Comissão Organizadora da Conferência Nacional de Educação Artística, em representação do Ministério da Cultura. Integrou a Rede Europeia de Educação Cultural, em representação do Ministério da Cultura. Membro do Grupo de Peritos em Educação Artística da OEI (Organização de Estados Ibero-Americanos), convidada a título pessoal. Conselheira Técnica Principal (Ambiente) - Representação Permanente de Portugal na União Europeia, em Bruxelas (1996/1999). Membro do Grupo Inter-Ministerial para o Ensino Artístico, em representação do Ministério da Educação (1995/1996). Representante da Fundação Oriente, no Conselho Consultivo da Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente, da Universidade do Algarve. Atividade Política (breve): Deputada à Assembleia da República (Legislaturas IV; V; VIII e IX). Membro das Comissões Parlamentares de Ambiente, Educação, Assuntos Europeus, entre outras. Membro da Delegação da OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa), em representação da Assembleia da República. Vice-Presidente da Comissão de Assuntos Económicos, Ciência, Tecnologia e Ambiente da OSCE. Deputada ao Parlamento Europeu (1989-1994). Presidente do Grupo dos Verdes Europeus. Deputada Honorária do Parlamento Europeu. Membro da GLOBE (Associação Internacional de Legisladores de Ambiente). Em dezembro de 2009 foi nomeada Administradora da Agência Municipal de Energia de Lisboa, pela Câmara Municipal de Lisboa.   Graus honoríficos: Comendadora da Ordem do Infante D. Henrique (2013). Comendadora da Ordem de Mérito da República Italiana (1989).

.
Filipa Cabral Sacadura - Secretária-geral
Filipa Cabral Sacadura - Secretária-geral

Concluiu a licenciatura em História na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Lisboa em 1994. Nesse mesmo ano ingressou na Arquivárius - Gestão de Arquivos e Documentação, trabalhando no tratamento de fundos documentais. Em maio de 1999, foi admitida na Fundação Observatório Urbano do Eixo Atlântico, no Porto, onde passou a exercer funções de coordenação da equipa de projetos da área Sociocultural, desempenhando, também, tarefas relacionadas com a promoção e divulgação dos diversos serviços disponibilizados pela Fundação junto dos associados, imprensa e público em geral.   Tendo regressado a Lisboa em janeiro de 2003 colabora, como profissional liberal, com a Texto Editora e frequenta uma pós-graduação em Gestão Cultural nas Cidades ministrada pelo Instituto para o Desenvolvimento da Gestão Empresarial do ISCTE. Iniciou em 2004 a sua colaboração com Lisboa E-Nova como coordenadora das áreas  administrativas e de comunicação. Em janeiro de 2010 inicia funções de Secretária-geral da Agência, dando assessoria ao Conselho de Administração, mantendo a coordenação dos serviços gerais e a área de comunicação.

.
Miguel Águas - Diretor Técnico-Financeiro
Miguel Águas - Diretor Técnico-Financeiro

  Licenciado em Engenharia Mecânica (Instituto Superior Técnico) em 1984, concluiu, cinco anos depois, o mestrado em Transferência e Conversão de Energia do IST, com a classificação de Muito Bom. Em 1998 defendeu tese de doutoramento em Engenharia Mecânica no IST, tendo sido aprovado com Distinção e Louvor. Especialista no domínio das questões energéticas, a sua atividade profissional tem estado sempre associada à utilização da energia. Entre 2004-2008 desempenhou as funções de Diretor Geral da IBERDROLA II, desenvolvendo uma forte atividade comercial e de coordenação de equipas comerciais, permitindo alcançar uma quota de 15% no mercado liberalizado de eletricidade em Portugal. Paralelamente, criou na IBERDROLA a área da eficiência energética, onde se destacaram importantes ações junto dos grupos Amorim e Portugal Telecom, para além de ter conseguido aprovar vários projetos no Programa PPEC, promovido pela ERSE. Foi Professor do IST, com atividade docente pós graduação em Sistemas Sustentáveis de Energia, promovido pelo IST em colaboração com o MIT ( Massachusetts Institute of Technology) e ainda em disciplinas de Mestrado em Engenharia Mecânica e de Engenharia e Gestão Industrial. Em janeiro de 2010 assumiu funções de diretor técnico nos projetos que a Lisboa E-Nova desenvolve, sendo igualmente responsável pelo controle financeiro da Agência.

.
Pedro Machado
Pedro Machado

É licenciado em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior Técnico e pela University of Glasgow. Foi bolseiro do Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável do IST entre 1998 a 1999. Realizou investigação específica em modelação ambiental na área dos transportes na North Carolina State University. Foi colaborador da IrRADIARE, I&D em Engenharia e Ambiente entre 1998 e 2002 onde coordenou projetos de arquitetura e desenvolvimento de sistemas de monitorização ambiental, tendo sido gerente em 2001 e 2002. De 2003 a 2004 colaborou com a Divisão de Transportes, Energia e Ambiente do IST, como coordenador de projectos nas áreas de transportes e mobilidade. De 2004 a 2014 integrou a equipa da AGENEAL, Agência Municipal de Energia de Almada, onde coordenou projetos de planeamento e gestão da mobilidade, transportes, energia, climáticas e ordenamento do território. Em Abril de 2014 tornou-se assessor da Direção Municipal de Mobilidade e Transportes e coordenador do Departamento de Planeamento em Mobilidade e Transportes da Câmara Municipal de Lisboa. Coordenou o planeamento e implementação de projectos estruturantes de mobilidade e transportes e geriu a análise e elaboração de pareceres sobre planos, estudos e projectos de ordenamento de território. Co-coordenou 11 edições da Semana Europeia da Mobilidade, acumulando várias distinções, incluindo o EMW Award 2010 por Almada. Co-coordenou o projecto “BiclaTejo”, vencedor do prémio “Ideias para o ar, um projecto para ficar” da Agência Portuguesa do Ambiente e Fundação Galp Energia. Coordenou o projecto “Pacote de Boas Vindas - Transportes Públicos de Almada”, vencedor do Prémio EPOMM 2014. Desde Abril de 2016 é colaborador da Lisboa E-Nova, onde coordena a área de mobilidade e transportes e colabora em projetos estruturantes da agência, com destaque para o Sharing Cities.

.
Eduardo Silva
Eduardo Silva

Licenciou-se em Engenharia do Ambiente pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em 2004. Foi investigador e gestor de projetos no ISQ entre 2004 e 2017, tendo participado em mais de 20 projetos no âmbito de diferentes programas de financiamento nacionais e internacionais. Durante os últimos anos a sua atividade de investigação centrou-se fundamentalmente na aplicação e desenvolvimento de diferentes ferramentas e metodologias para gestão da sustentabilidade, com enfoque industrial e territorial. É autor e/ou co-autor de várias publicações científicas e técnicas publicadas em livros, revistas e conferências nacionais e internacionais. Desde 2014 desempenha atividades de coorientação em teses de Mestrado de Engenharia Mecânica (Ramo Gestão da Produção) no Instituto Superior Técnico (IST). Foi também coordenador da Comissão Especializada em Ambiente e Energia, do Conselho Científico do Instituto do Território entre 2013 e 2017, e membro da equipa consultiva de apoio à Direção da Iniciativa Clean Space da Agência Espacial Europeia em matéria de Ecodesign e Avaliação do Ciclo de Vida, entre 2014 e 2017. Na Lisboa E-Nova desde Março de 2017, tem como principal objetivo suportar a criação de competências e implementação de iniciativas relacionadas com a temática Smart Cities, bem como a participação e angariação de projetos nas temáticas estruturantes da agência.

.
Diana Henriques
Diana Henriques

Licenciada em Engenharia do Ambiente na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (ramo sanitário) em 2003, completou em 2012 o Mestrado em Ecologia Humana e Problemas Sociais Contemporâneos na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UNL. Após a licenciatura, estagiou na empresa Ydreams e trabalhou em investigação no Grupo de Análises e Sistemas Ambientais (FCT-UNL) e no Instituto Geográfico Português. A partir de 2005, adquiriu experiência fora de Portugal ao nível da investigação - na Vrije Universiteit; estágio - na empresa Geodan (Holanda); e também ao nível associativo em ambiente, essencialmente em comunicação e investigação: For Mother Earth na Bélgica e Observatorio de la Deuda en la Globalización, na Catalunha. Após o regresso a Portugal em 2008, desenvolveu trabalho na área dos resíduos, com o GEOTA - Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente. Foi em junho de 2010 que iniciou a sua atividade na Lisboa E-Nova, trabalhando em gestão de projetos na área da Educação para o Desenvolvimento Sustentável e Biodiversidade.

.
Vera Gregório
Vera Gregório

  Doutoranda em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável (com especialização na área das ciências do ambiente) pela FCT – Universidade Nova de Lisboa, com coorientação assegurada pela Universidade de Nottingham. Pós-graduada em Economia e Gestão de Ciência e Tecnologia pelo ISEG – Universidade de Lisboa (1993) e licenciada em Geografia e Planeamento Regional pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa (1988). A sua atividade profissional integra uma ampla experiência de gestão de projeto e investigação científica, desenvolvida na área das tecnologias de informação geográfica, sustentabilidade urbana, modelação de sistemas urbanos, energia e alterações climáticas. Entre 1990 e 2002, trabalhou como gestora de projetos técnicos e comerciais nas empresas ANASIS, Terracarta, Maps Geosystems e ESRI. Em 2002 co-fundou a start up Geoconceito, Consultoria em Sistemas de Informação Geográfica, tendo permanecido na direção executiva até assumir as funções de country manager para Portugal, da multinacional tecnológica Bentley Systems (2008). Em 2015 integrou a equipa do projeto ClimAdaPT.Local desempenhando funções como investigadora no CENSE - centre for environmental and sustainability research (FCT-UNL) e no ICS - Instituto de Ciências Sociais (UL).   Desde Outubro de 2016 é colaboradora da Lisboa E-Nova , assumindo funções de coordenação e gestão técnica de projetos nas áreas da sustentabilidade urbana, reabilitação e energia.

.
Rui Mendes
Rui Mendes

Concluiu o Mestrado Integrado em Engenharia do Ambiente (ramo de Engenharia Sanitária) na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa em novembro de 2014. Estagiou desde julho de 2013 a setembro de 2014 na SIMARSUL – Sistema Integrado Multimunicipal de Águas Residuais da Península de Setúbal S.A., onde desempenhou funções na Direção de Engenharia, de alteração/correção de projetos de redes de drenagem (Desenhos AutoCAD, mapas de quantidades e cadernos de encargos), análise de redes de água residual tratada de ETAR, levantamento de coordenadas para SIG, afinação de sistemas de ventilação/desodorização em ETAR e realização da Dissertação de Mestrado sobre o tema: "Contributo para a avaliação da viabilidade do aproveitamento de biogás produzido em digestores anaeróbios a frio para a produção de energia elétrica". Iniciou atividade na Lisboa E‑Nova em fevereiro de 2015, a colaborar em projeto relacionado com energia solar e eficiência energética. Atualmente a desempenhar funções no projeto Gestor Remoto – Água, com objetivo de redução de consumos e do uso eficiente de água.

.
Carlos Varela Raposo
Carlos Varela Raposo

Em julho de 2013 termina a licenciatura em Engenharia Mecânica no Instituto Superior Técnico. Em março de 2015 inicia um estágio profissional com a Lisboa E-Nova, com a duração de 9 meses, ao abrigo do Instituto do Emprego e Formação Profissional. Em julho de 2015 termina o mestrado em Engenharia Mecânica, ramo de Energia, no Instituto Superior Técnico.

.
Alexandre Lavadinho
Alexandre Lavadinho

  Em fevereiro de 2015 terminou a licenciatura em Engenharia da Energia, na Universidade Lusófona – ULHT. Em setembro do mesmo ano, iniciou o Mestrado de Gestão de Energia, ramo de Eficiência Energética, no Instituto Superior Técnico – IST.Em dezembro de 2015 inicia um estágio profissional de 6 meses na Lisboa e-nova, ao abrigo da “medida reativar”, promovido pelo IEFP. Durante esse período desenvolveu trabalho, junto no município da Amadora, no estudo energético-ambiental do Concelho, nomeadamente na caracterização e diagnóstico dos consumos de energia, gás e água.Após a conclusão do estágio, é convidado a integrar a equipa técnica da Lisboa e-nova, dando continuidade ao trabalho iniciado.

.
Tiago Palma
Tiago Palma

Natural de Oeiras, licenciou-se em Engenharia Mecânica (ramo de energias), pelo Instituto Superior Técnico (IST), em novembro de 2016. Durante o percurso académico estudou durante um ano em Florianópolis, Brasil. Desenvolveu a tese de mestrado no IN+, Center for Innovation, Technology and Policy Research, no IST, com o título “Characterization of bubble dynamics and heat transfer processes in pool boiling under extreme wetting scenarios”. Iniciou colaboração com a Lisboa E-Nova em Março de 2017 onde contribui principalmente para o projecto de mobilidade LOCATIONS.

.
Marta Peixinho
Marta Peixinho

Licenciada em Marketing e Publicidade pelo IADE, Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing, em 1995.   Durante a licenciatura, estagiou na empresa Johson Wax, no departamento de marketing. Em 1993, esteve como gestora de contas na STVA, empresa de serviços de valor acrescentado.   No ano em que se licenciou, integrou o departamento de marketing da Central de Cervejas, onde exerceu as funções de trainee e, posteriormente, de gestora de produto.   Em 2000 pertenceu à equipa da Elite Portugal. Entre abril 2002 e setembro de 2010, trabalhou na Mediaway, empresa de organização de eventos, comunicação e marketing na qualidade de Account.   Em janeiro de 2011 inicia a sua colaboração com a Lisboa E-Nova, desempenhando funções técnicas de apoio ao departamento de comunicação.

.
Maria João Ramos
Maria João Ramos

Competências na área da comunicação com foco em desenvolvimento sustentável, ambiente e economia social. Tem formação em Sociologia pelo ISCTE, uma pós graduação em Gestão da Comunicação pelo IPAM, uma Pós graduação em Social Business pela Escola de Gestão e Negócios da UAL e um Programa Avançado em Comunicação Organizacional pela Universidade Católica Portuguesa.Exerceu funções como responsável de comunicação na Ecoprogresso, consultora de Energia, Ambiente e Alterações Climáticas e na Fomentinvest, empresa que atua no desenvolvimento de negócios na área do ambiente. Durante 6 anos coordenou todas as atividades de comunicação e marketing relacionadas com o Grupo Fomentinvest, incluindo empresas como a Ecotrade e a MCO2. Durante estes anos deu também apoio na Ecotrade na relação com os clientes e na compra e venda de créditos de carbono e na MCO2 na relação com os investidores do fundo de carbono e no fundo de energias renováveis. Durante o ano de 2007 foi responsável, no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia, pela organização da participação da Delegação Nacional à Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas e por toda a organização logística do Pavilhão da União Europeia na “United Nations Climate Change Conference” em Bali, Indonésia, em Bona, Alemanha e em Viena, Áustria;Nos últimos 5 anos coordenou todas as atividades de comunicação e gestão de projetos no âmbito do desenvolvimento sustentável na Get2C (que tem como core business as alterações climáticas, em particular as áreas de carbono e energia) e passou pela GCI, consultora de Public Engagement onde foi gestora de projetos de sustentabilidade.Durante 9 anos trabalhou na Parque Expo, na relação e acompanhamento operacional com todos os participantes na Expo’98 (Países, Organizações Nacionais e Internacionais) e na área de Desenvolvimento e Exploração de Negócios.Na Lisboa E-Nova desempenha funções como gestora de projetos de comunicação estratégica e dá apoio na ligação entre a comunicação e atividades da área técnica potenciando as políticas nacionais e os acordos comunitários e internacionais para projetos relacionados com o combate às alterações climáticas e desenvolvimento sustentável.

.
Lina Abrantes
Lina Abrantes

Curso de Administração no ISLA. Mais de 20 anos de experiência de Secretariado de Direção. Executou durante, cerca de 5 anos funções de Secretariado de Direção Comercial tendo contatos a nível internacional, nomeadamente de importações e respectivos trâmites aduaneiros.     Integrou a organização da "Primeira Feira de Informação", no Fórum Picoas, em 1990, com funções de protocolo e relações públicas, aquando da preparação para o lançamento das duas estações de televisão privadas em Portugal. Pouco tempo depois, exerceu funções de secretariado e controlo orçamental na produção artística privada de alguns programas televisivos, na TVI e RTP canal 2.   Colaborou com a Agência desde a sua constituição exercendo funções de Secretariado e, posteriormente, Assessoria ao Conselho de Administração, trabalhando diretamente com o Administrador-Delegado e o Presidente do Conselho de Administração. Com o início da atividade do atual executivo exerce funções administrativas.

.
Sandra Deus
Sandra Deus

Em setembro de 2005 termina o curso de Técnicas Administrativas e Informáticas de Apoio à Gestão, totalizando 1668 horas no IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional de Setúbal.   Em junho de 2005 efetuou um estágio de 3 meses nos Serviços Centrais da Pluricoop em Setúbal fazendo conferência de faturas e arquivo.   Em julho de 2006 trabalhou na Portucel - Fábrica do Papel como Assistente Administrativa.   Em abril de 2007 inicia um estágio profissional com a Lisboa E-Nova, com a duração de 9 meses, continuando com a Lisboa E-nova no final do Estágio.   Em janeiro de 2008, inicia a sua colaboração com a Lisboa E-nova, desempenhando funções administrativas.

.
João Miguel Gameiro
João Miguel Gameiro

  Em setembro de 2007 termina o curso Tecnológico Multimédia na Escola Secundária Rainha D. Leonor. Em novembro de 2007 colaborou para a Veigas Imobiliária na função de Gestor de Processos. Em 2007 tirou o curso de Mediador Imobiliário, tendo sido aprovado no exame de Mediação Imobiliária (INCI). Emm junho de 2009 inicia um estágio profissional com a Lisboa E-Nova, com a duração de 12 meses, ao abrigo do Instituto do Emprego e Formação Profissional.

Iniciar Sessão