Lisboa E-Nova - Agência de Energia-Ambiente de Lisboa

Iniciar Sessão
Português (pt-PT)English (United Kingdom)
Home » Notícias

No âmbito do projeto Alfa-AMA SSD, financiado pelo Climate Kic, decorreu no passado dia 28 de setembro a sessão de apresentação do projeto, no showroom do Sharing Cities, na Praça do Município, e na qual estiveram presentes representantes da comunidade local e outros stakeholders municipais, como a Câmara Municipal de Lisboa, a Carris ou a InvestLisboa. Esta sessão teve como objetivo envolver as partes interessadas e também demonstrar os desafios e oportunidades que este projeto integra. Decorreu também, no dia 16 de outubro, no centro cultural Magalhães Lima, uma sessão destinada à população local para identificar problemas e desafios e discutir possíveis soluções. O Alfa-AMA SSD visa a implementação de soluções sustentáveis para os espaços públicos, os edifícios e a mobilidade, integrando as alterações climáticas e a inovação no bairro de Alfama.

“No bairro de Alfama, é hoje difícil escapar à febre do turismo, mas duas investigadoras portuguesas estão determinadas a olhar além do fenómeno e encontrar, trabalhando com a comunidade local, soluções integradoras que respondam também a outro grande desafio: as alterações climáticas. “Alfa-AMA Smart Sustainable District” é o nome da iniciativa que, até dezembro, vai traçar possíveis caminhos para uma “Alfama saudável e sustentável para todos”, apostando nos espaços públicos, no edificado e nas formas de mobilidade.”

 

Leia o artigo completo aqui.

Alfama Noticia

Terça, 07 Novembro 2017 14:41
Published in Notícias
Escrito por Joao Gameiro
Continuar...

Inaugurado a 21 de outubro, com a presença do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, é um espaço onde as crianças, dos 3 aos 15 anos, são Técnicos de Laboratório, devidamente equipados e cumprindo normas de segurança.
Após uma formação sobre o Ciclo Urbano da Água, os pequenos Técnicos analisam o valor de pH e de cloro de uma amostra de água, com a finalidade de verificarem se a água se encontra adequada para ser consumida, ou seja, dentro dos parâmetros adequados. Também têm a oportunidade de testar o sabor e o cheiro de diferentes amostras de água, para que compreendam, na prática, que a água pode ter, ocasionalmente, sabor e cheiro devido a diversos fatores.
Beber água com mais satisfação é algo que vão também aprender através de algumas dicas que lhes são apresentadas no final da atividade.
Com esta presença, a EPAL e a Águas de Portugal pretendem estimular a compreensão da importância da qualidade da água para a atividade humana e incentivar a adoção de atitudes ambientalmente responsáveis.

Kidzania

Terça, 24 Outubro 2017 11:42
Published in Notícias
Escrito por Marta Peixinho
Continuar...

As questões da sustentabilidade das suas instalações têm sido nos últimos anos uma das preocupações centrais do Técnico e do seu corpo de Gestão. A aprovação, este mês, da candidatura “Plano de Eficiência Energética – Técnico 2020”, assume-se como um passo enorme no alcance de uma instituição cada vez mais sustentável. O projeto de financiamento foi submetido ao POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, inserido no Portugal2020, e trará benefícios enormes quer no domínio da eficiência energética, quer na poupança que daí advirá.
Depois de em 2011 se ter criado o Campus Sustentável, uma estrutura cujo principal objetivo é proceder à monitorização sistemática de consumos e propor medidas de poupança e de aumento de eficiência no uso de recursos, em articulação contínua com a Área de Instalações e Equipamentos, este projeto que agora se inicia é um passo determinante para a subida de duas classes no certificado energético do campus Alameda. “O objetivo da candidatura do “Plano de Eficiência Energética – Técnico 2020” ao POSEUR, foi precisamente o de obter financiamento para se poderem implementar medidas mais estruturais”, vinca o vice-presidente do Técnico para as instalações e equipamentos, o professor João Gomes Ferreira, e que coordenou esta candidatura. Este programa deverá, de igual modo, “contribuir para projetar a imagem nacional e internacional do Técnico no domínio da Sustentabilidade, colocando a prática de gestão da Escola em linha com o trabalho que tem vindo a ser realizado, no mesmo sentido, ao nível do ensino e da investigação”, acrescenta o professor.

Leia mais...

Sexta, 20 Outubro 2017 13:44
Published in Notícias
Escrito por Marta Peixinho
Continuar...

Iniciar Sessão