Acqua-metragem

Decorreu no passado dia 28 de agosto, no Pavilhão do Conhecimento – Centro de Ciência Viva, a Cerimónia de Assinatura dos Contratos relativos aos Avisos do Fundo Ambiental “Promover o Uso Eficiente da Água” e “Repensar Rios e Ribeiras”, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.

A Lisboa E-Nova esteve presente para assinar o contrato relativo ao projeto Acqua-metragem que agora se inicia.

Quando falamos em desafios ambientais e alterações climáticas, falamos de grandes alterações no estilo de vida das pessoas. A questão cultural torna-se o centro de novos debates porque precisamos de novas formas de interação. Se alcançar a sustentabilidade é antes de tudo fazer um uso apropriado dos recursos do planeta, então a cultura deve estar no centro das nossas estratégias de desenvolvimento, já que molda o relacionamento das pessoas com outras na sociedade e com o mundo à sua volta, incluindo o ambiente natural, e condiciona os seus comportamentos. A Acqua-metragem consiste no desenvolvimento, produção e realização de uma curta-metragem de animação que será disseminada através de equipamentos culturais e que visa sensibilizar o público para uma tão necessária mudança de comportamentos no modo de consumo da água, ou seja, para um uso eficiente deste bem, contribuindo assim para uma maior sustentabilidade hídrica.