Academia Electrão premeia com 20 mil euros ideias inovadoras apresentadas até 14 de Maio

A segunda edição da Academia Electrão vai premiar com 20 mil euros as ideias mais inovadoras – relacionadas com embalagens, pilhas e equipamentos eléctricos usados – que forem apresentadas até 14 de Maio.
Esta é uma iniciativa dinamizada pelo ElectrãoAssociação de Gestão de Resíduos, que pretende promover os projectos que contribuam para a economia circular e sustentabilidade ambiental.

Até ao momento já foram submetidas cerca de três dezenas de candidaturas a esta segunda edição do concurso, que arrancou em Dezembro de 2019. O fecho das candidaturas chegou a estar anunciado para Maio de 2020 mas, em virtude da pandemia, a associação decidiu estender o prazo.

“Para cumprir a sua missão de reciclar cada vez mais e melhor o Electrão conta com todos os intervenientes da cadeia de valor das embalagens, pilhas e equipamentos eléctricos usados, mas reserva um lugar especial aos projectos de investigação e desenvolvimento, que podem fazer a diferença neste sector. Esta iniciativa promove ainda aquele que é um dos quatro grandes valores do Electrão: a inovação”, salienta o Director-Geral do Electrão, Pedro Nazareth.

Esta iniciativa destina-se a instituições de ensino superior e de investigação, aos seus alunos e investigadores, mas também está aberta ao sector empresarial, associações, instituições e ainda à comunidade artística e outras entidades e particulares.
Os projectos a concurso são avaliados por um júri multidisciplinar que é constituído por quatro reputadas personalidades do setor. Além de Graça Martinho, o júri integra ainda Fernanda Margarido, professora do Instituto Superior Técnico, Jorge Delgado, especialista em Tecnologias da Informação e Vera Norte, fundadora e Partner da Communicatorium.

As candidaturas podem ser apresentadas através do preenchimento do formulário online disponível no site da iniciativa – www.academiaelectrao.pt – onde pode igualmente ser consultado o regulamento do concurso.

 

Cinco categorias a concurso

As cinco categorias a concurso permitem que os candidatos apresentem projectos muito distintos. Cada projecto vencedor receberá quatro mil euros.
Contentorização Electrão” é o tema da primeira categoria. Aqui cabem os projectos que promovam a eficácia e a eficiência na recolha e armazenamento. Segue-se a categoria “Valorização Electrão”, que se refere a ideias ou projectos que abordem os desafios e oportunidades da valorização através da reciclagem e reutilização. A categoria “Digital Electrão” foi criada a pensar nos projectos que contribuem para o aumento da eficiência dos processos operacionais e de sensibilização, comunicação e educação dos cidadãos por via da digitalização.

Na categoria “Mobilização Electrão” serão acolhidos os projectos que fomentem a mobilização e envolvimento social, bem como a responsabilidade dos cidadãos perante a sociedade e o ambiente. Finalmente, para a categoria “Arte Electrão”, serão considerados os projectos de sensibilização, comunicação e educação sobre a problemática dos plásticos nos oceanos.

 2,232 total views

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x