Ação climática, Inovação e Regeneração do Património Cultural em Bairros Históricos

Disponibilizamos na integra o artigo da Vera Gregório, gestora de projeto na Lisboa E-Nova, sobre Ação climática, Inovação e Regeneração do Património Cultural em Bairros Históricos  publicado na última revista Smart Cities.

O texto dá-nos uma perspetiva do património cultural dos bairros históricos como um ativo essencial da ação climática, sem o qual não é possível promover a regeneração urbana destas áreas e refere exemplos de soluções que têm vindo a ser testadas na cidade de Lisboa, ao nível da experimentação de laboratórios urbanos e hubs locais de inovação. Estes exemplos são aqui contextualizados no âmbito do Pacto Ecológico Europeu e da iniciativa “Missão 100 Cidades com impacto neutro no clima e inteligentes até 2030”, cujos compromissos já foram assumidos pelo Município.

Sobre a criação de laboratórios urbanos e hubs locais de inovação para a reabilitação urbana de centros históricos urbanos, convidamo-lo conhecer o projeto HUB-IN que tem como objetivo a transformação urbana e a regeneração de áreas urbanas históricas (HUA) utilizando como principal catalisador a inovação e o empreendedorismo, preservando a identidade única das áreas históricas no que diz respeito aos seus valores culturais e sociais.

 2,402 total views