Lisboa E-Nova promove Workshop sobre a circularidade do recurso água nas cidades

No âmbito do Projeto Cemowas2, a Lisboa E-Nova organizou um workshop, que se realizou no dia 15 de setembro, onde foi abordado a temática da reutilização de águas residuais urbanas, dando enfase à inovação tecnológica no sector, nomeadamente no que se refere ao tratamento de contaminantes, apresentando casos de sucesso e boas práticas e analisando a perceção do consumidor face ao seu uso, designadamente para fins potáveis.

No Workshop participaram especialistas, como é o caso do catalão Joan García, da Universitat Politècnica de Catalunya, perito em tratamento e reutilização, que fez o enquadramento ao tema, representantes de entidades parceiras, como é o caso da FCT-UNL que abordou a questão dos tratamento de contaminantes emergentes em águas residuais ou do setor como a APA/ARH Algarve, que deu o seu testemunho. O LNEC  apresentou o Laboratório Vivo do projeto B-WaterSmart e a Águas do Tejo Atlântico  falou sobre a reutilização de água para fins potáveis. Destaca-se ainda a apresentação de resultados do projeto, salientando-se o estudo coordenado pela Lisboa E-Nova “Atitudes e Comportamentos face à Reutilização de Água Residual Tratada em Lisboa”.

O projeto CEMOWAS2 visa reforçar as capacidades das autoridades responsáveis para a implementação de estratégias territoriais participativas e sustentáveis de serviços de gestão de resíduos sólidos e águas residuais, abordados numa lógica de economia circular.

O Programa Interreg procura estabelecer intercâmbios e troca de aprendizagem inter-regional procurando novas soluções inspiradoras de outras regiões. O CEMOWAS2 é cofinanciado pelo Programa Interreg SUDOE através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Veja aqui o programa e vídeo do Workshop

 2,541 total views

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x