Sharing Cities teve o seu arranque em Bruxelas

A Lisboa E-Nova participou no passado mês de janeiro, em Bruxelas, na primeira reunião de consórcio do novo projeto do Programa Horizonte 2020, Sharing Cities, integrado no aviso SCC 1 – 2014/2015: Smart Cities and Communities solutions integrating energy, transport, ICT sectors through lighthouse (large scale demonstration – first of the kind) projects.

Este projeto propõe:

– Uma nova infraestrutura energética  – medidas de eficiência energética e de mobilidade sustentável;
– Uma plataforma de dados aberta – para processar dados provenientes de edifícios, infraestruturas de serviços de energia, sistemas de transporte e outros dados da cidade, com o objetivo de melhorar o controlo e a otimização do fornecimento de energia;
– Um sistema para o envolvimento ativo dos cidadãos  – utilizando dados da plataforma aberta para informar dinamicamente os cidadãos do respetivo consumo de energia e os impactos associados;
– Uma camada analítica à escala municipal  – para que os dados recolhidos possam ser analisados para melhorar o planeamento de longo prazo dos serviços de energia e de transporte da cidade.

Lisboa é uma das três cidades líderes do Sharing Cities, em conjunto com Londres e Milão. As cidades seguidoras do projeto serão Burgas, Varsóvia e Bordéus.

 1,208 total views