Subsistema de Castelo do Bode o maior empreendimento de abastecimento de água em Portugal completou 30 anos de atividade

No dia 4 de junho de 1987 nasceu o maior empreendimento de abastecimento de água em Portugal, o Subsistema de Castelo do Bode. Depois dos grandes aquedutos Águas Livres, Alviela e Tejo, foi ele quem resolveu os problemas de abastecimento de água que persistiam na cidade de Lisboa.

O Subsistema de Castelo do Bode foi uma revolução na capacidade de produção da EPAL e na melhoria da qualidade da água e não teria sido possível sem o enorme envolvimento dos Trabalhadores. Essa entrega prevalece e é o estandarte com que a EPAL enfrenta os novos desafios, como o consumo de energia e a sustentabilidade.

30 anos depois, à magnitude e importância que reconhecidamente este subsistema tem para a vida e bem-estar das populações, vem juntar-se o projeto “0% Energia”, que está a ser implementado na Estação de Tratamento de Água da Asseiceira, fazendo dela a primeira Estação de Tratamento de Água energeticamente autossustentável.

O Subsistema de Castelo do Bode foi concebido para captar, tratar e transportar a água desde a albufeira de Castelo do Bode até à Estação Elevatória de Vila Franca de Xira e projetado para produzir 375000 m3 de água por dia. Ampliado em 1996 e de novo em 2007, tem hoje a capacidade para 625000 m3/dia, fazendo dele responsável por 80% de toda a água produzida pela EPAL.

ETA Asseiceira

 

Visualize o vídeo e conheça a maior ETA do País

http://www.epal.pt/EPAL/menu/epal/publicações/v%C3%ADdeos/videos/default-source/videos/subsistema-de-castelo-do-bode-2017

 2,016 total views