Workshop Regional de Lisboa das Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas

Nos dias 20 e 21 de junho decorreu,  no Auditório dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa, o Workshop Regional de Lisboa das Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas, no âmbito do Projeto ClimAdaPT.Local.

Câmara Municipal de Lisboa, com o apoio da Lisboa E-Nova, tem vindo a participar neste Projeto desde o início de 2015, que tem o objetivo principal de apoiar, formar e capacitar Municípios para a elaboração das suas Estratégias de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) e a sua integração nas ferramentas de planeamento municipal. Têm vindo a ser desenvolvidos, neste sentido, ferramentas e produtos com o intuito de facilitar a elaboração e a implementação da EMAAC nos 26 Municípios participantes, na expectativa de vir a beneficiar, no futuro, os restantes municípios portugueses.

 

Está prevista, no final do Projeto – esperado para o final do ano de 2016 – a criação de uma Plataforma para a Adaptação Municipal às Alterações Climáticas e ainda uma Rede de Municípios de Adaptação Local às AC, integrando novos municípios e promovendo a troca de experiências.

Neste Workshop Regional de “capacitação e disseminação”, foram apresentadas as EMAAC, em elaboração, dos Municípios de Torres Vedras, Barreiro, Coruche e Lisboa. Tratou-se também de uma oportunidade para dar a conhecer o trabalho realizado a outros Municípios, de fazer um balanço geral e partilhar experiências, bem como de traçar os últimos passos do projeto. Conforme foi frisado pelo Vereador Sá Fernandes na sessão de abertura, o sucesso da implementação da EMAAC no Município de Lisboa é indissociável de um alargamento das EMAAC aos restantes Municípios da AML, bem como uma boa articulação com as mesmas.

O Projeto tem o financiamento do EEA Grants, e do Fundo Português do Carbono (gerido pela APA) e é coordenado pela Faculdade de Ciências (CE3C), envolvendo no seu consórcio ainda os parceiros FCT-UNL, ICS, CESAM, CEDRU, weconsultants, CIBIO, cChange e os Municípios de Almada, Sintra e Cascais.

 964 total views