Workshops de capitalização em Lisboa

Capitalizar, é a palavra chave para a implementação e a replicação da metodologia desenvolvida pelo LOCATIONS. Como tal, foram promovidos 2 workshops de capitalização em Lisboa, nos dias 4 e 6 de dezembro, com o intuito de discutir e analisar o melhor caminho para a implementação do plano desenvolvido.

LOCATIONS é um projeto cofinanciado pelo programa Interreg MED que desenvolve soluções de mobilidade de baixo carbono em cidades com destino de cruzeiros e tem por objetivo apoiar as administrações públicas locais na elaboração de Planos de Mobilidade e Transporte de Baixo Carbono. Estes planos visam diminuir as emissões de gases com efeito de estufa resultantes do aumento de tráfego na cidade provocado pelo turismo de cruzeiros, através de um amplo uso de soluções de transporte sustentáveis e inovadoras. Um outro aspeto central dos Planos de Mobilidade de Baixo Carbono é a necessidade de desenvolver medidas equilibradas que contribuam para simultaneamente melhorar a qualidade de vida dos cidadãos locais e otimizar a experiência dos passageiros de cruzeiros, aumentando desta forma a atratividade do porto.

Depois de desenvolvidos os Planos de Mobilidade e Transporte de Baixo Carbono para as sete cidades parceiras do projeto – Lisboa, Málaga, Ravenna, Trieste, Zadar, Rijeka e Durres – o próximo passo é a implementação. Para tal, cada uma das cidades promoveu 2 workshops de capitalização. Estes workshops apoiam a implementação dos Planos desenvolvidos na fase de testes, a partilha e a consciencialização dos principais atores locais e regionais e a promoção da adoção de modelos e soluções propostas em novos territórios. É dada especial atenção às questões técnicas e financeiras, aos aspetos sociais e legislativos e à forma como os Planos devem ser integrados nos PAES e nos PAMUS.

Nos workshops de Lisboa, promovidos pela Lisboa E-Nova e pela Câmara Municipal de Lisboa, como ponto de partida, foi apresentado novamente o Plano de Mobilidade de Baixo Carbono desenvolvido para Lisboa e apresentado também o vídeo desenvolvido para ilustrar o mesmo.

No caso de Lisboa, o Plano de Mobilidade de Baixo Carbono considera que a cidade “deverá tornar-se um destino de excelência, onde as opções de mobilidade disponíveis apresentam um impacto reduzido e contribuem para potenciar oportunidades e melhorar a coexistência entre residentes e turistas”, pelo que os workshops focaram-se principalmente nas ações relativas à rede pedonal e à rede ciclável que ganham cada vez mais importância e valor em Lisboa, para os objetivos de descarbonização da cidade e que potenciam a experiencia dos turistas e melhoram a qualidade de vida dos residentes.

Wes Schweitzer Authentic Jersey