Siemens Portugal revoluciona análise de dados de tráfego rodoviário

http://samsprayers.co.uk/portfolio-items/sands-vision-4-0-30m-2012-code-hin A Siemens Portugal acaba de lançar uma nova tecnologia de análise de dados de tráfego rodoviário, que permite uma maior fiabilidade e eficiência na operação primária de contagem de veículos. Este sistema substitui assim os estudos feitos atualmente, baseados em contagens manuais que não contemplam a constante alteração do comportamento do tráfego rodoviário. O Traffic Airnalytics viabiliza a identificação, até agora virtualmente impossível, dos fluxos de veículos e dos seus diferentes tipos, sejam autocarros ou veículos ligeiros. A partir de agora já é possível, por exemplo, contar os veículos de todas as vias que confluem para uma rotunda, registando o número de entradas e saídas e, simultaneamente, fazer a sua classificação de acordo com a tipologia. “A utilização desta solução, já disponível também no mercado nacional, está a ser equacionada por países como a Alemanha, Polónia ou Suiça” disse Afonso Sousa, responsável pela engenharia da área de Intelligent Traffic Systems da Siemens, da Siemens Portugal, acrescentando que “os municípios e as empresas de consultoria e estudos de tráfego dispõem agora de um instrumento poderoso que poderá apoiá-los na importante tarefa de melhorar a fluidez do tráfego, uma das maiores preocupações de qualquer cidade”. http://andrhdt.net/wp-cron.php?doing_wp_cron=1552930947.9839329719543457031250 A solução baseia-se em várias disciplinas, que vão desde o processamento avançado de vídeo à análise de grandes volumes de dados, passando ainda pela aeronáutica multidimensional. A recolha de imagens em vídeo é feita por um drone, que permite contar todos os veículos na entrada e saída de um ponto de confluência de tráfego – como rotundas, cruzamentos, nós ou secções de auto-estradas, entre outros. Esta análise permite gerar matrizes de volumes de tráfego e monitorizar a eficácia das soluções viárias adotadas. É também possível avaliar a eventual necessidade de introduzir medidas adicionais para melhorar a fluidez do tráfego, tais como semáforos ou rotundas temporárias. Este sistema nasceu num hackthon, uma maratona de programação organizada pela Siemens AG, o Futureland, onde o Lisbon Tech Hub, centro de competências internacional de tecnologias de informação da empresa, e a divisão Mobility colaboraram no desenvolvimento deste software. A equipa contou também com a colaboração da startup portuguesa PIXAIR, especializada no desenvolvimento e aperfeiçoamento técnico do voo de drones.

http://allsaints-wellington.org/podcast/feed/