Skip to main content
search

Ordem Ecológica e Desenvolvimento - o futuro do território português

Resumo da Sessão:
O objectivo principal do Projecto divulgado nesta apresentação foi a formulação de reflexões sobre estratégias de desenvolvimento, em termos de Ordenamento do Território, aquilo que se designou por Ordenamento Potencial. Para este objectivo construiu-se uma metodologia em que, numa primeira fase, se procedeu à determinação da aptidão ecológica às culturas agrícolas, às espécies arbóreas e pastagens espontâneas e à edificação; e, numa segunda fase, se avaliou a adequação ou desadequação ecológica dos vários tipos de ocupação e se formularam questões sobre estratégias de desenvolvimento.
Este Projecto “Ordenamento Potencial da Paisagem de Base Ecológica. Aplicação a Portugal” PTDC/AUR-URB/119340/2010, financiado pela Fundação de Ciência e Tecnologia (FCT) e da iniciativa do ex-Centro de Estudos de Arquitectura Paisagista “Prof. Caldeira Cabral”, sediado no Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa (2012-2015) vem no seguimento de um outro, “Estrutura Ecológica Nacional (EEN) – uma proposta de delimitação e regulamentação” [PTDC/AURURB/102578/2008], também financiado pela FCT e da iniciativa da mesma equipa nuclear.
A cartografia elaborada nos dois Projectos foi reunida numa Base de Dados Cartográficos – http://epic-webgis-portugal.isa.ulisboa.pt/ que pretende servir de base a um Ordenamento do Território, realizado com uma base ecológica estando disponível a todos, graciosamente e em formato digital.

Data
31 de janeiro 2017

Localização
CIUL 

Orador
Manuela Raposo Magalhães (Green and Blue Infrastructures LEAF-ISA)

Horário
17h45 às 19h30

Apresentação

Moderador
Duarte Mata (Câmara Municipal de Lisboa)

Outras sessões

Abril 17, 2018

Cidades do Futuro Como é que a iluminação vai transformar as cidades do futuro?

Setembro 13, 2022

Cidades Inteligentes e Analítica Urbana

Março 1, 2021

Economia Circular – da Agenda Regional às prioridades de concretização

Leave a Reply