Skip to main content
search

Reabilitação Urbana e Eficiência Energética – Nova Geração de Políticas de Habitação para Lisboa

Resumo da Sessão:

Instrumentos financeiros, informação de suporte à decisão e o caso dos bairros municipais em Lisboa.
A reabilitação urbana e a eficiência energética são atualmente indissociáveis. A renovação profunda de edifícios pode reduzir em 36% o consumo de energia, na Europa, até 2030, diminuindo simultaneamente a dependência energética, criando empregos e edifícios mais confortáveis e salutares.
A nova geração de políticas de habitação em Portugal (NGPH-Abril 2018) reflete estas prioridades de reabilitação energética do edificado, sendo um dos objetivos estratégicos tornar a reabilitação a principal forma de intervenção nos edifícios e no desenvolvimento urbano. Para tal, o pacote legislativo adota instrumentos de política inovadores que privilegiam o financiamento da reabilitação promovendo simultaneamente a eficiência energética. A disponibilização de informação de suporte à decisão, designadamente no que concerne ao investimento em eficiência energética, contribui para colmatar as lacunas de conhecimento que obstam à implementação da renovação urbana em larga escala.

A cidade de Lisboa tem vindo a integrar estas políticas nas suas intervenções de reabilitação urbana, como é o caso dos bairros municipais Padre Cruz, Boavista e mais recentemente da nova urbanização do Bairro da Cruz Vemelha. As soluções inovadoras desenvolvidas para a reabilitação destes bairros assentam na melhoria da eficiência energética e na sustentabilidade de longo prazo das novas habitações, tendo em conta a necessidade de desenvolver sistemas ecológicos compatíveis o perfil socioeconómico dos seus moradores.

Data
06 de novembro 2018

Localização
CIUL 

Orador
Carlos Raposo, Vera Gregório (Lisboa E-Nova); Nuno Bastista (ADENE) e Alexandre Dias (ORANGE)

Horário
18h00 às 19h30

Apresentação

Moderador
Vera Gregório (Lisboa E-Nova)

Outras sessões

Outubro 24, 2023

Refúgios Climáticos para Cidades Saudáveis

Abril 17, 2018

Liderar a transição (Plano de ação para a economia circular: 2017-2020)

Novembro 17, 2022

A Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP27) – Que consequências?

Leave a Reply