PARK4SUMP

A gestão do estacionamento é, sem dúvida, uma parte importante do planeamento da mobilidade urbana sustentável (SUMP) para qualquer cidade. Está demonstrado que uma correta gestão do estacionamento nas cidades gera diversas mais valias, entre as quais se destaca por exemplo a influência na libertação do espaço público, permitindo o uso do mesmo de forma mais benéfica, o apoio às empresas locais, a redução do chamado trânsito-parasita, a geração de receitas, o aumento da segurança a nível local, ou até mesmo o suporte à criação de um planeamento urbano com vista a tornar as cidades mais atraentes para os seus cidadãos e para quem as visita. No entanto, apesar destes benefícios é claramente um dos segmentos mais subdesenvolvidos para a grande maioria das cidades Europeias.

O PARK4SUMP é um projeto, apoiado pelo Programa Europeu Horizonte 2020, que pretende atuar exatamente nesta questão. Para tal, o seu conceito global centra-se na definição dos melhores modelos de gestão de estacionamento, tirando partido dos diferentes contextos e realidades das cidades Europeias para garantir uma abordagem holística às diferentes áreas da mobilidade. Como principal objetivo, pretende-se apoiar e incentivar estilos de vida mais sustentáveis e menos dependentes dos tradicionais veículos automóveis, através da criação de políticas e formas de planeamento inovadoras e que permitam otimizar a utilização das infraestruturas existentes. Espera-se por isso contribuir para a definição de políticas de estacionamento que permitam melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e empresas nas cidades e, com isso, tornar as cidades mais sustentáveis.

Tendo sido recentemente aprovado, o PARK4SUMP conta com a participação da Lisboa E-Nova, como representante da cidade de Lisboa, num consórcio que é liderado pela MOBIEL21, uma PME especializada em mobilidade sustentável. Para além de Lisboa, estão também presentes outras 15 cidades Europeias, nomeadamente: Cracóvia, La Rochelle, Freiburg, Gdansk, Tallinn, Reggio Emilia, Trondheim, Zadar, Vitoria Gasteiz, Skhodra, Roterdão, Slatina, Sófia, Sint-Niklaas e Palma.

No decorrer do projeto, a Lisboa E-Nova, juntamente como a EMEL, irão promover a implementação de pilotos e ações demonstrativas na cidade, abordando e testando diferentes soluções.

 

 

 

Informação

PROGRAMA

Horizonte 2020 – MG-4.1-2017

Increasing the take up and scale-up of innovative solutions to achieve sustainable mobility in urban areas

INÍCIO

maio 2018

DURAÇÃO

36 meses

Parceiros

Lisboa E_Nova
Lisboa E_Nova
EMEL