HUB-IN – Hubs of Innovation and Entrepreneurship for the Transformation of Historic Urban Areas

O HUB-IN é um projeto financiado pelo programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia que tem como objetivo a transformação urbana e a regeneração de áreas urbanas históricas (HUA) utilizando como principal catalisador a inovação e o empreendedorismo, preservando a identidade única das áreas históricas no que diz respeito aos seus valores culturais e sociais.

O HUB-IN pretende contribuir para reverter as tendências de abandono, e o próprio abandono do património histórico, através de uma abordagem sistémica e alicerçada na criação de redes de Hubs (espaços físicos ou não onde se podem testar e pôr em prática  ideias inovadoras) onde a inovação será o principal motor. Estas redes terão um impacto direto na criação de novas oportunidades sustentáveis ​​quer para os negócios tradicionais locais como para o desenvolvimento de novas habilidades criativas e empregos.

 

O que são os Hubs

São centros de experimentação em inovação urbana e criatividade em áreas históricas Europeias. Os HUBS fazem parte do ecossistema de inovação e sustentabilidade das cidades dando resposta aos mais recentes desafios do Green Deal , estabelecendo a ponte entre Ciência – Tecnologia e Arte – Cultura.

O projeto está implementado em 8 cidades piloto e constitui-se com base na colaboração entre diferentes atores em cada HUA e entre cidades. Enquanto os métodos aplicados entre os parceiros da cidade serão cocriados usando uma abordagem sistémica, as soluções para cada HUA serão específicas e ajustadas às estratégias locais como resultado de atividades participativas e visões consolidadas e resultantes de um amplo portfólio de interessados ​​e cidadãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Três grupos principais de atividades serão testados e desenvolvidos nos 8 HUBs:

  • Indústrias culturais e criativas, incluindo património cultural, que inclui atividades como artesanato, design de moda, artes visuais, música, museus, cinema e vídeo, videojogos, artes cénicas, festivais, feiras de design paisagístico, serviços arquitetónicos, etc.
  • Novos estilos de vida, incluindo atividades baseadas em tecnologias digitais, economia circular, inovação social, economia compartilhada e sustentabilidade
  • Recursos naturais e sociais endógenos, incluindo reutilização e readaptação de recursos naturais e dinâmicas sociais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Principais etapas do projeto HUB-IN

1 – Na primeira fase, serão desenvolvidos Hubs de inovação e empreendedorismo, cruzados e interligados em cada uma das oito cidades europeias, com características diferentes em termos de agenda local de regeneração urbana (roteiros personalizados), características socioeconómicas e dinâmica dos seus ecossistemas de inovação e empreendedorismo. Cada cidade abrangerá o seu próprio ecossistema e rede local: fab labs, centros de inovação, universidades, centros culturais, associações locais, start-ups, cidadãos e comunidades locais, etc.

2 – Na segunda fase, será criada uma rede entre os oito HUAs para a construção de um ecossistema de inovação e empreendedorismo nas 8 cidades, onde, por exemplo, um fab lab de um determinado HUA poderá partilhar conhecimento e inovação com outro fab lab ou centro de inovação de outro HUA.

3- Na terceira fase a partilha junto de diversas cidades seguidoras, através da criação de uma Rede Colaborativa de Áreas Urbanas Históricas, os métodos, ferramentas e conhecimentos desenvolvidos e adquiridos nomeadamente:

O HUB-IN Digital Space – uma ferramenta web que reunirá todos os principais recursos do projeto e aloja cada um dos oito Hubs. Será uma plataforma de colaboração e inovação do ecossistema intra e entre cidades. Incluirá seções dedicadas para cada cidade, com as suas empresas, soluções, metodologias e ferramentas, que permitem a sua replicação, bem como recursos de matchmaking de última geração para cidades, empresas e para a HUB-In Academy.

A HUB-IN Academy, um amplo programa educacional focado na aprendizagem por meio de redes peer-to-peer (orientação e acompanhamento), incluindo sessões de aprendizagem e orientação, seminários de treinamento (webinars, master classes, conferências, tutoriais em vídeo e infografias, podcasts etc. )

O kit de ferramentas HUB-IN para auxiliar as cidades a promover a inovação em suas áreas históricas

A HUB-IN Alliance, uma rede de áreas urbanas históricas e um lugar para compartilhar opiniões e experiências na criação de centros sustentáveis ​​de inovação e empreendedorismo. A mais valia será possibilitar num único espaço, os diferentes contextos locais, a autenticidade, a cultura e o património de cada HUA.

Parceiros:

O HUB-IN reúne start-ups, centros de investigação, cidadãos e associações locais e europeias, cidades e entidades que irão atuar como facilitadores em cada polo, bem como entidades aceleradoras que irão apoiar a conceção e implementação de programas de incubação e a aceleração em cada área histórica.

Coordenação

Lisboa E-Nova

Agência de Energia e Ambiente de Lisboa

Informação

PROGRAMA
H2020

INÍCIO
2020

DURAÇÃO
48 meses

ORÇAMENTO TOTAL
8 135 105,12€

Cidades Participantes

Parceiros

 837 total views

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x